terça-feira, julho 18, 2006

Repete lá como se eu fosse muito burro

Os peritos nomeados pelo Governo vão recomendar que se institua um programa de troca de seringas em todas as prisões.
Será que estou a ver bem? Se é para trocar seringas, é porque os presos se injectam. Se se injectam, é porque têm droga (injectável) na prisão. Se têm droga, é porque alguém lha fez chegar. As drogas entram na prisão porque é o Estado a fornecê-las, ou são as visitas? As quantidades são "legais"? E a "qualidade"? Se é o Estado, suponho que não anda a distribuir dorogas "duras". Mas, se são as visitas, entram numa prisão com drogas "duras" e ninguém faz nada?
Expliquem-me como se eu fosse muito burro, sff.

2 comentários:

jorgeteixeira disse...

eu explico...."como se fosses muito burro".
Portugal é um país de direito.
tem leis.
tem policias e tribunais que defendem as leis do país.
portugal tem uma lei que proibe as drogas.
...no entanto....ainda que não sejas muito burro... podes comprar droga em qualquer lado.... porque será?
Porque os politicos, os juizes, os policias, os guardas prisionais, as visitas, os presos, tu, e eu somos homens.
Será que é necessário agora explicar como tivesses apenas 4 anos ou já desenterraste a cabeça da areia e olhaste o mundo á tua volta?

Jorge Ribeirinho Machado disse...

Olá, Jorge, Já não te via por aqui há muito tempo!
Bem, espero que tenhas percebido que o post está escrito em tom irónico. O meu problema é que, por não ter a cabeça enfiada na areia, vejo os problemas que existem, e as soluções encontradas para os tentar resolver. Mas, neste caso, penso que é possível encontrar soluções bastante melhores para todos, sociedade e individuos.
Um abraço