terça-feira, novembro 29, 2005

As Universidades, essas Instituições Medievais

A última BusinessWeek tem um artigo bem interessante sobre o novo (na prática) CEO de Oxford. É interessante verificar que, tal como em Portugal, as universidades têm uma enorme resistência à mudança. Por isso é que se pode dizer que as universidades são ainda instituições medievais: ainda têm duques (prof catedráticos), condes, marqueses e barões (assistentes), cada um a lutar pelo seu feudo, e detestando os seus rivais. E o povo (os alunos) nem conta.
A universidade deve ter um papel muito mais activo na vida da sociedade civil onde está inserida, e para isso, os professores - que são pessoas potencialmente muito valiosas - têm de deixar os seus castelos, e trabalhar em conjunto com os outros actores da sociedade civil.

1 comentário:

Nelson Brito disse...

Jorge, concordo plenamente contigo. Como calculas, escuso de expôr o meu ro de motivações se tiveres em conta os últims 6 anos, em que critiquei ferozmente a inércia pedagógica da minha faculdade.