sexta-feira, novembro 17, 2006

E ainda dizem que a Ségolène não tem ideias

Neste vídeo, Mme Royal mostra que tem ideias sobre a educação. Em concreto, p. ex., quer que os profs de liceu passem 35 h/semana nas escolas.
São ideias interessantes, e pouco... socialistas. Parece-me que os sindicatos, ainda por cima franceses, não vão gostar da ideia. Ou será que vão, como cá, engolir em seco, e aceitar as propostas, porque Mme Royal é do partido socialista?

1 comentário:

Jorge Teixeira disse...

A ideia de que os professores deveriam passar 35 horas na escola em Portugal seria uma boa ideia mas é pena que seja apenas romantica.
Só quem não conhece a realidade das nossas escolas (basico e secundário) é que pode conjecturar tal coisa. Em Portugal uma escola é apenas um conjunto de salas de aulas, um polivalente, um ginásio, uma cantina e.....uma sala de professores que mais não é um sitio para que possam deixar o casaco e arrumar os livros de ponto.
Não sei qual é a realidade francesa mas os professores em Portugal não dispõem de instalações, equipamentos e materiais para poderem trabalhar nas escolas para além de leccionarem as aulas. O estado propõe assim, que os professores para darem aulas devam, eles próprios, comprar o seu computador e impressora e equiparem um quartinho lá de casa para cumprirem as suas funções laborais. Gastando electricidade, papel e espaço fisico e familiar seu para ser remunerado pelo trabalho.
Não quero com isto dizer que tudo vai bem na educação, mas o facto dos professores não disporem sequer de um gabinete minimamente equipado para que possam preparar as aulas e corrigir trabalhos também é um pouco demais.
Já agora actualmente os programas para novas escolas continuam a não prever esses espaços. Há que poupar....para depois exigir o que não se deve.
Jorge