domingo, junho 17, 2007

Quantos votos valem os ilgas em Lisboa?

Ana Sara Brito, nº 3 da lista do ex-ministro António Costa, e orientadora das operações logísticas da campanha eleitoral de Manuel Alegre, foi falar à ilga. E disse que sim senhor, poder-se-ão celebrar casamentos no salão nobre dos paços do concelho mesmo entre ilgas.
Ora bem, a lei não o permite, e o primeiro-ministro disse que esse assunto não será levantado nesta legislatura. Como a legislatura e os mandatos autárquicos acabam mais ou menos ao mesmo tempo, Ana Sara Brito ou mentia aos ilgas ou piscava-lhes o olho (não percebo para quê, não serve para nada), isto é, dizia algo para os deixar contentes e fazê-los aparecer nos jornais, mesmo sabendo todos que o que estava a dizer era impossível.

2 comentários:

jorge teixeira disse...

...e se o recurso apresentado à dias no tribunal constitucional a propósito do casamento das duas lésbicas declarar inconstitucional o artigo do código civil ou obrigar o governo a legislar????...
Afinal....pode ser que não seja apenas uma mentirinha de campanha...não é?

Jorge Ribeirinho Machado disse...

Se, se, se...
Talvez haja um terramoto e deixe de haver câmara de Lisboa, ou...
Neste momento, com os dados que existem, e não fazendo ressalva clara, é uma mentira na campanha.