sexta-feira, maio 26, 2006

Timor II

(sobre a chegada das tropas australianas) "Eu entendo que não houve outra saída. Calculo que tenha sido uma decisão difícil para os governantes. De quem virá salvar-nos esta força? De nós próprios? (...) Dentro de mim, alguns sentimentos contraditórios. Por um lado, alívio. Por outro, uma profunda tristeza (...). Como dói ter de admitir a nossa incapacidade de fazer a paz, de viver em paz. Como dói, passados quatro anos de uma independência conseguida à custa de tanto sangue, tanta lágrima, ter, talvez, de dizer adeus soberania de Timor-Leste!"

Maria Ângela Carrascalão, em Díli
Peço desculpa, mas não resisto a imitar o Euronews: "No comments".

1 comentário:

MattMarriott disse...

 Timor Leste cristão, Bispo Ximenes Belo, Xanana Gusmão e a grande Tribulação
Maio 24, 2006 - Ramos-Horta pede que as tropas Australian terminem o genocídio que os muçulmanos indonésios foram forçados a interromper em Setembro de 1999
http://timor-lorosae.blogspot.com/